Portal da Cidade Canoinhas

Papo de Especialista

Alimentação low carb na melhora da saúde e desempenho físico.

.A busca pela melhora do condicionamento físico e da forma física, tem levado pessoas de todas as idades a praticar as mais variadas modalidades esportivas

Postado em 08/09/2021 às 08:43

(Foto: Uniguaçu )

Atualmente, a prática de exercícios físicos vem sendo muito estimulada, principalmente em função do seu impacto positivo sobre a saúde física e mental dos mais diferentes grupos populacionais. A todas as idades a praticar as mais variadas modalidades esportivas.busca pela melhora do condicionamento físico e da forma física, tem levado pessoas de

Os interesses por parte destes praticantes, são os mais variados; busca por qualidade de vida, recuperação e/ou manutenção da saúde, relações interpessoais, questões estéticas variadas, treinamento para competições (amadoras ou profissionais).

Obviamente a nutrição de qualquer praticante de exercícios físicos revela-se essencial para o sucesso da prática desportiva. A adequação desta, torna-se ainda mais importante quando falamos de treinos de alta intensidade. Há uma importante relação entre a nutrição e a atividade física, porque a capacidade de rendimento físico do organismo melhora por meio de uma nutrição adequada, com a ingestão equilibrada de todos os nutrientes, sejam eles carboidratos, gorduras, proteínas, minerais e vitaminas.

Uma dieta balanceada e equilibrada é essencial para um bom desempenho físico por proporcionar o combustível para o funcionamento ideal do organismo. O nosso Guia Alimentar para a População Brasileira que foi publicado em 2014, não estabelece porções recomendadas para cada nutrientes, mas traz orientações as quais objetivam a conscientização sobre a qualidade nas escolhas dos alimentos, inclusive dos carboidratos, para a promoção da saúde como um todo.

Dietas com menor teor de carboidratos e maior teor de proteínas têm demonstrado suprimir a elevação de grelina (hormônio produzido pelo estômago e intestino, responsável pela sensação de fome) inerente à redução de peso corporal em intervenções nutricionais que objetivam o emagrecimento. Dietas com maior consumo de proteínas estão associadas ao aumento do gasto energético, através do aumento da termogênese pós-prandial e do metabolismo de repouso. Essas afirmações nos levam a crer que as famosas dietas “low carbs” podem ser sim uma alternativa eficaz e saudável ao indivíduo que busca melhora na saúde e na forma física, desde que bem orientada e monitorada por profissionais que entendem do assunto. Dieta “low carb” não significa consumo exagerado de queijos, ovos e bacon; uma dieta de baixo carboidratos com qualidade nutricional é uma dieta que contempla carboidratos integrais de baixo índice glicêmico, frutas, verduras e proteínas magras (podendo ser proteínas animais ou vegetais), além das sementes e oleaginosas.

A partir do momento em que, ao se constatar que uma dieta de baixo consumo de carboidratos é eficiente para diminuir a quantidade de gordura corporal, mantendo parâmetros adequados de saúde e desempenho esportivo, sem precisar chegar a uma redução extrema deste macronutriente na dieta, entende-se que esta pode se tornar uma estratégia nutricional importante no controle da composição corporal, principalmente no que diz respeito ao tecido adiposo.

Autora: Nutricionista Juliana Piske.


Fonte:

Receba as notícias de Canoinhas no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias