Portal da Cidade Canoinhas

POLITÍCA

Opinião: cara lavada!

Confira comentários políticos na coluna de Eduardo Bisswurn

Postado em 26/05/2021 às 12:41 |

Cara lavada é uma expressão popular de quando uma pessoa vem falar despida de mentiras e de forma sincera. Pode significar que ela, após tanta sujeira passada, vem agora, limpa, falar algo.


Não parece ser o caso do nosso governador Carlos Moisés, que ainda não deu conta dos respiradores comprados que não chegaram, nem dos R$ 33 milhões desviados para a compra dos mesmos.


Como “novo-velho político”, já entendeu o jogo. Sabe que os eleitores esquecem rápido das coisas, ou pelo menos esqueciam.


Moisés deve vir a Três Barras e região nesta sexta-feira participar de um evento na WestRock e fazer aproximação com seus aliados políticos do Planalto Norte. Acredita-se que ele virá (bem) acompanhado do deputado Valdir Cobalchini – que votou pela absolvição e permanência do governador no processo de impeachment.


Vale lembrar que Moisés, que se elegeu na onda bolsonarista prometendo um governo técnico e um estado liberal, porém para não sofrer impeachment loteou o governo com todos aqueles que prometeu eliminar. Como exemplo, em Canoinhas colocou Wilson Pereira – político de carreira – no IMA (Instituto do Meio Ambiente) esquecendo critérios técnicos.


Nem pra síndico: existem aqueles que acreditam que Moisés não ganha nem pra síndico nas próximas eleições, mas muita água deve rolar.


Deu ruim: forte candidato do Planalto Norte à Assembleia Legislativa, ex-prefeito Leoberto Weinert teve seus direitos políticos suspensos por oito anos. É resultado de condenação criminal de processo ambiental durante a sua gestão como prefeito.


Ninguém escapa: existem animais como as serpentes, do gênero Lampropeltis, que consomem regularmente outras pequenas cobras da mesma espécie. Em algumas coisas o ser humano, mesmo muito mais evoluído e racional, é semelhante.

Dizem as más línguas que no mesmo dia em que o ex-prefeito Leoberto teve seus direitos políticos caçados, seus amigos de longa data já começaram a brigar pela disputa do Planalto Norte na Alesc.


Quem perde somos nós: se nomes como Paulinho Basílio ou Reinaldo de Lima Jr realmente se oficializarem como candidatos à deputado estadual pelo PMDB, quem perde é Canoinhas. Mesmo que ambos tenham seus diferenciais e capitais políticos, estão muito longe de conseguir chegar aos 35 mil votos que elegeram o deputado menos votado do PMDB da última legislatura.


Quem perde somos nós II: se realmente saírem candidatos Paulinho, Reinaldo ou outro indicado pela cúpula do partido, apenas irão somar siglas para legenda, levando nossos votos a somar para outro candidato de outra região, deixando o Planalto Norte sem representante mais uma vez.


Dívida: “Casan deve as nossas localidades do interior água potável”, afirmou o vereador professor Osmar durante seção na Câmara de Vereadores desta semana.

Realmente a Casan tem deixado muito a desejar nos serviços no nosso município. Infelizmente parece que ainda a maior especialidade deles é abrir buracos em asfaltos novos.


Em tempo: uma foto nas redes sociais me chamou atenção esta semana, o “quarteto fantástico” continua auditando as LISTAS DE VACINADOS de Canoinhas. Me fiz uma pergunta, depois de tanto falar e criticar a lista: acharam alguma irregularidade? Ou ainda estão na esperança de encontrar alguma?


Fonte:

Receba as notícias de Canoinhas no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias

data-matched-content-ui-type="image_stacked" data-matched-content-rows-num="2" data-matched-content-columns-num="3">