Portal da Cidade Canoinhas

POLITÍCA

Oposição teatral

Recorde de investimentos na saúde e TCE não encontra irregularidades em licitação do Ditão - Confira detalhes na coluna de opinião de Eduardo Bisswurn

Postado em 09/06/2021 às 20:03 |

Nunca se investiu tanto em saúde como se tem investido atualmente no município de Canoinhas. Em 2020 foram R$ 46,9 milhões aplicados e este ano está previsto superar esta cifra.

Enquanto o município se esforça unindo profissionais da saúde que exaustivamente estão trabalhando em prol da vida na luta contra a covid-19, a oposição ao governo Passos segue firme em seu teatro de narrativas. Sem ter o que mostrar de projetos ou soluções, buscam apenas bater no governo.

Hipócrita: é aquele que fala uma coisa e faz outra. Em reportagem veiculada na NSC dia 07/06 o Tribunal de Contas do Estado afirma que Santa Catarina gastou menos do que poderia em saúde durante a pandemia.

Ou seja, a atual oposição ao governo Passos que tanto critica poucos gastos em saúde em Canoinhas faz parte dos partidos de base de Carlos Moisés, que segundo o tribunal, gastou menos do que poderia.

Incoerência? Não. Teatro mesmo!


Luz ou trevas: segue firme a polêmica da iluminação do estádio municipal.

Na segunda feira em vídeo vinculado nas redes sociais o quarteto fantástico contou como vitória a pressão feita contra os gastos da iluminação no estádio municipal.

Para quem assistiu ao vídeo pareceu que eles haviam conseguido cancelar o edital, ou que o prefeito havia recuado.

Nada disso!

O edital foi suspenso para adequação técnica e acaba de receber parecer do Tribunal de Contas afirmando que o edital atende a legislação e que não existe irregularidades do mesmo.


Vamos por partes: precisamos separar a questão do discurso para o mérito.

O discurso criado na campanha contra a iluminação é teatro. É para aparecer. É para a oposição justificar que está fazendo alguma coisa.

Contra fatos não há argumentos – Canoinhas investiu mais em saúde do que muitos municípios, uniu os profissionais da saúde, tratou com zelo e amor todos os pacientes e familiares. O edital não está irregular nem superfaturado segundo o próprio Tribunal de Contas que acaba de comprovar a regularidade. Fazer discurso que o edital foi cancelado pela pressão da oposição enquanto o mesmo estava suspenso é mentira.

O mérito em si deve ser debatido, de forma democrática.

Não estou aqui dizendo que minha opinião é contra ou a favor do investimento. Sou contra o discurso criado: o teatro maldoso.

Quanto ao mérito: o que a iluminação vai agregar ao município? Isto é o que deve ser discutido. Vale lembrar que em gestões passadas até o muro do estádio estava caindo. E o estádio é patrimônio de quem? Não é do povo?

Outra questão: quantas pessoas usam o estádio por mês e por ano? O que pode ser agregado e atrair de investimentos com a modernização do estádio?


Fica o desafio: vamos criar a cultura de debate de fatos, de melhoria, de crescimento, ou vão ser os próximos três anos e meio assim?



Empregos: Canoinhas precisa gerar postos de trabalho para nossos jovens, e precisa disso com urgência. Precisamos desenvolver projetos, planos a médio e longo prazo, atrair empresas e investimentos. Que tal essa pauta na Câmara de Vereadores? Que tal pensar no desenvolvimento da nossa cidade?


Fonte:

Receba as notícias de Canoinhas no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias

data-matched-content-ui-type="image_stacked" data-matched-content-rows-num="2" data-matched-content-columns-num="3">